Conheça o Anticorpos Neutralizantes para COVID-19 

(Teste Rápido qualitativo Anti-Proteína S)

bandeira_novo.png

Coleta por gotas de sangue da ponta do dedo

O exame qualitativo para avaliar a resposta imune, na capacidade de neutralização dos anticorpos ao vírus, no bloqueio da ligação da proteína da S (spike) ao receptor (proteína ACE2) nas células humanas.


Para quem é indicado?
O exame é indicado para saber se uma pessoa apresenta anticorpos protetores contra o novo coronavírus em resposta à vacina ou para identificar anticorpos neutralizantes contra a proteína S do vírus em pós infectados. 

Para avaliar a resposta à vacina, a coleta deve ser feita 15 dias após o recebimento da última dose do imunizante. No caso de pós-infectados, isso deve ocorrer pelo menos 14 dias após o início dos sintomas ou 21 dias depois da possível exposição ao vírus.

Entrega do laudo no mesmo dia.

mulhervacina.jpg

Conheça o RT-PCR de Rotina e Expresso para COVID-19

As amostras são coletadas por meio de swabs (cotonetes) de nasofaringe (nariz) e orofaringe (garganta).

testeRTPCRface.png

RT-PCR é o exame padrão-ouro para detecção do SARS-CoV-2, que se baseia no RNA obtido da amostra colhida do paciente por swab introduzido nas narinas (nasofaringe) e na garganta (orofaringe).


A coleta é recomendada na fase inicial da doença e pode ser feita a partir do 2º dia da suposta infecção pelo vírus até o 12º dia do início dos sintomas, pois, passado esse período, a quantidade de material viral tende a diminuir. Portanto, o RT-PCR identifica o vírus enquanto ele está ativo no organismo, tornando possível a aplicação da conduta médica apropriada: internação, isolamento social ou outro procedimento pertinente.
Existem várias metodologias e protocolos para a realização da RT-PCR, por isso os resultados podem variar de um laboratório para outro.


Prazo de entrega do laudo: em até 3 dias úteis para o RT-PCR de rotina e no máximo até o final do dia do próprio exame para o RT-PCR expresso, se colhido até às 10 horas da manhã.
 

Disponibilizamos o laudo em português e em inglês.

Atualmente, é o único exame aceito para viagens nacionais ou internacionais, quando solicitado pelas companhias aéreas.

rtpcr.jpg

Conheça o RT-LAMP para COVID-19

Método não invasivo, que utiliza apenas a saliva 

icone rt-lamp.png

O RT-LAMP visa a detecção do material genético - RNA do SARS-CoV-2 - na amostra analisada e baseia-se na técnica de amplificação isotérmica mediada por loop com transcriptase reversa. O exame, que apresenta especificidade e sensibilidade equivalentes ao RT-PCR, é feito com amostras da saliva do paciente. 


A coleta é recomendada na fase inicial da doença e pode ser feita a partir do 2º dia da infecção pelo vírus até o 12º dia do início dos sintomas.


Preparo: O paciente deve fazer a escovação dos dentes e a higiene bucal, além de permanecer em completo jejum por 1 hora, inclusive sem fumar, antes da coleta de 2 ml de saliva. A amostra de saliva não pode conter nenhum corpo estranho (resto de alimentos, por exemplo); caso contrário, será rejeitada.


Entrega do laudo em até 3 dias úteis.

RTLAMP_bkg.jpg

Conheça os Exames Imunocromatográficos (testes rápidos) Ag e IgG/IgM para COVID-19

São exames qualitativos que, em função da rapidez na emissão dos laudos, auxiliam na conduta médica a ser adotada. Eles podem ser de dois tipos, ambos com resultados entregues no mesmo dia:

No caso dos de antígeno (Ag) - que detectam proteínas do vírus na fase de atividade da infecção -, recomenda-se que a coleta seja realizada pelo menos a partir do 2º dia do início dos sintomas por meio de swab de nasofaringe (nariz).

Já nos de anticorpos IgG/IgM - que identificam uma resposta imunológica do corpo em relação ao vírus -, recomenda-se que seja realizado pelo menos a partir do 10º dia do início dos sintomas por gotas de sangue da ponta do dedo. 

ICONE trAG.png
testerapido.png

Conheça mais sobre o Exame de Sorologia IgG/IgM para COVID-19

Coleta por amostra de sangue

Realizado por amostra de sangue do paciente, a sorologia, diferentemente do RT-PCR, verifica a resposta imunológica do corpo em relação ao vírus. Isso é feito com a detecção de anticorpos IgM e IgG em pessoas que foram expostas ao SARS-CoV-2. 


Para que o teste tenha maior sensibilidade, recomenda-se realizar a coleta pelo menos 14 dias após o início da infecção. Isso se deve ao fato de que a produção de anticorpos no organismo só se dá depois de um período mínimo depois da exposição ao vírus. 


Testes de sorologia feitos fora do período indicado podem resultar em um resultado falso negativo. É importante ressaltar, ainda, que nem todas as pessoas que têm infecção por SARS-CoV-2 desenvolvem anticorpos detectáveis pelas metodologias disponíveis, principalmente aquelas que apresentam quadros com sintomas leves ou não apresentam nenhum sintoma.

Desse modo, pode haver resultados negativos na sorologia mesmo em pessoas que tiveram COVID-19 confirmada por PCR. 


Entrega do laudo em até 5 dias.

Teste de sangue

Veja todas as informações para decidir qual exame fazer para COVID-19 

Outros testes rápidos disponíveis

Coronavírus (COVID-19)
Chikungunya
Dengue Ab e Ag
Dengue Igg/IgM
Dengue NS1
H. Pylori
HAV IgG/IgM
HbsAG
HCV
HIV

Influenza A+B
Malária
PSA
Rotavirus/Adenovirus
Sangue Oculto 
Sífilis
Sífilis/HIV
Troponina Cardíaca
Zika

Estoque%252520TLP_edited_edited_edited.j
whats.png